Um dedo de prosa

Eu escrevo porque preciso. Escrevo porque transbordo.

O consumo, minha culpa, e um pouco de afeto.

Ontem levamos Hugo à praia pela primeira vez, eu já tinha ido atrás da piscininha de plástico dele, mas não encontrei, não em preços acessíveis (porque R$116,00 numa piscina de plástico para praia é no mínimo absurdo). E também não comprei brinquedos de praia, porque ele coloca tudo na boca e eu acho que não […] Read more…

 

Não existe regra.

Muito cansada de todos os textos, todas as informações a respeito da maternidade. Quando eu engravidei, sai de todos os grupos, deixei de seguir vários perfis… Depois que Hugo nasceu, eu encontrei alguns mais próximos do que eu gostaria de ler. Então, não existe regra, não existem X erros que mães e pais cometem, não […] Read more…

 

Por que tanta angústia?

Ontem minha licença maternidade chegou ao fim, e por questões da ordem da necessidade, retornei ao trabalho. Bom, não foi fácil, foi o primeiro dia, e nada que você escuta nesse momento agrada ou acalma, por um simples motivo: eu não acho normal, nem acho correto, se acostumar ou adaptar ao sofrimento. E por que […] Read more…

 

Ser mãe numa cultura liberal é complicado…

Fazendo uma busca de um wrap sling, encontrei um blog ( Mamãe Sunny ), com um texto super bacana (link abaixo). Resolvi trazer o link aqui pro blog, pois compartilho da mesma opinião. Diante de todas as leituras que eu fiz sobre a relação mãe-bebê, amamentação, depressão pós-parto, e etc, acredito ser um absurdo um livro ensinar uma técnica que […] Read more…

 

Um comentário sobre amamentação, e um desabafo.

Quando o bebê nasce é acometido por uma angústia, sim, pois vem para um mundo no qual todas as sensações são diferentes, seu corpo passa a ser percebido de outra forma, há espaço e vazios onde anteriormente era preenchido de líquido e calor! Por isso o aleitamento materno é importante, pois o bebê encontra no […] Read more…

 

O supermercado

Um dia, uns dois anos atras, fomos lanchar no supermercado e ele me fez o convite de irmos passear. Fiquei toda animada, ele pegou minha mão, e demos uma volta super demorada por cada setor e corredor daquele estabelecimento… Primeiro achei estranho, até pensei que de lá é que ele ia me levar pra algum […] Read more…

 

“Where you invest your love, you invest your life…”

Amamentando numa manhã desses meus primeiros dias de mãe, ouvindo Mumford & Sons, ao ouvir essa frase me perdi por uns instantes refletindo sobre o que eu estava fazendo naquele exato momento. Olhei para Hugo mamar, de olhinhos fechados, fazendo uma cara de satisfação que me encheu de felicidade… Agradeci à vida por esse momento, e agradeço […] Read more…

 
Quer baixar seu eBook Equilibrando os Pratos: sobre ser mãe e todo o resto?
Assine a lista de e-mails e baixe seu eBook!
Respeitamos sua privacidade, somos contra SPAM.